Terça-feira, 9 de Agosto de 2011
Capítulo Thirteen

Chegámos a nossa maravilhosa (ironia) escola :D. que feliz que estou por chegar aqui! Tenho de parar com a ironia.

 

Ttttttttrrrrrrrrrrrrrriiiiiiiiiii – não foi o que disse! RRRRRRRRRR…..

 

Kate: Vou ter com o Kevin.

Leila: Acabou de tocar! Vais mas é ter com a sala!

Kate: Olha-me esta!!! Já pensas que tens rabo não?!

Mike: Ela não pensa, ela tem – e olhou para o traseiro dela.

Leila: MIKE!!!  - a Joanne e Jason tinham-se escapulido.

Jonathan: Concordo com o Mike.

Eu: JONATHAN!!!

Jonathan: Que foi? As verdades são para ser ditas!

Mike: E admiradas!

Kate: Olha-me que estes dois!

Mike: Nós adoramos-te Kate!

Jonathan: Eu não!

Kate: Obrigadinha, totó!

Jonathan: Tu sabes que eu te adoro – e foi abraçá-la, quando quer, ele é fofinho. Eu não disse aquilo :o .

Xxx: Blair!

Eu: Quem me chama?

Jonathan: É o bosta do James.

James: Preciso de falar contigo.

Jonathan: E o que é que queres dela, oh retardado?

Eu: Mas alguém está a falar contigo, camelo?

Jonathan: Por acaso até……não!

Eu: Então cala-te! – e ele bazou. – BESTA! – gritei.

Jonathan: MORRE!!! -  gritou.

Leila: Epá vocês os dois, a sério, ainda vão acabar juntos.

James: (baixinho) espero que não…

Leila: Anh?

James: Nada, nada…

Eu: Diz lá James, é que já tocou.

Mike: Baza, meus…quer dizer Leila  - pois, a Kate também tinha ido -.- .

James: Oh, então deixa estar, eu falo contigo depois da aula.

Eu: Agora vais dizer, mecas!

James: Se quiseres saber é só perguntares depois da aula.

Eu: Olha que lata! Tu é que me tens alguma coisa a dizer e eu é que ta tenho de perguntar! Oh mecas diz lá!

James: É só que…am…

Eu: MECAS!

James: Tu queres amanhã, depois das aulas ir ao “Flirt”? – o “Flirt” é um café próximo da nossa escola, e que praticamente todos os alunos vão, tem lá comida TÃO boa!!!

Eu: Aam…claro! – e ficámos calados, e à toa. – É melhor irmos.

James: Sim, é melhor… - disse atrapalhado.

 

Como de costume, chegámos atrasados.

 

James: Podemos entrar stora?

Prof: Entrem.

James: Entra – disse fazendo um movimento com o braço para eu passar.

Eu: Que cavalheiro – o Jonathan olhou para mim. – (para ele) Vês, é assim que tens de ser! – disse passando ao pé dele.

Jonathan: Retardado como ele? Não, obrigado!

Eu: Tu és 100% parvalhão!

Jonathan: Vai-te mas é sentar, pá!

Eu: Tu cansas-me a beleza!

Jonathan: Oin? Que beleza, banana?

Eu: f***-te – mas ele não respondeu.

Prof: Porque chegaram atrasados?

Eu: Fomos beber água.

Prof: E para que é que serve o intervalo? – para nos divertir-mos, não! BURRA!

James: Desculpe stora.

Victoria: devem ter ido beber água, devem….

Leila: Cala-te bruxa!

Prof: Quem fez os TPC ‘s?

 

Pov. Joanne

 

Victoria: (para Jéssica) Tens aí?

Jessica: Sim, toma! – disse medrosa.

Victoria: Acho bem.

Eu: VICTORIA! – disse alarmante mas baixinho.

Victoria: O que é que foi, desidratada?

Eu: Tu acabaste de…

Victoria: Cala a boca!

Leila: O que é que foi oh pitosga!!?? Olha para a frente! – e voltou a falar com a Kate. Ela não se apercebeu do que estávamos a dizer.

Victoria: Se tu contas isto alguém, estás morta!

Eu: Tu sabes muito bem que eu não tenho medo de ti!

Victoria: Mas devias!

Eu: STORA!

Prof: ESPERA JOANNE! Põe o dedo no ar – levantei o dedo. – Victoria.

Victoria: Fiz senhora professora – ela mete-me uma raiva!

Prof: Joanne.

Eu: Stora a Victoria não fez os tpc’s.

Prof: Mas ela disse que fez!

Eu: Então veja se é a letra dela. É a letra da Jéssica!

Jéssica: Joanne!

Eu: Foi a Jéssica que fez os tpc’s da Victoria! – a stora levantou-se e foi ver os tpc’s da Victoria.

Blair: Agora afundaste, baby!

Prof: VICTORIA! Porque é mandaste a Jéssica fazer os teus trabalhos de casa!!!

Victoria: Foi ela stora! Ela disse-me que fazia-me os tpc’s se eu lhe pagasse!

Jéssica: Mentirosa!

Prof: Victoria, eu sei muito bem que a Jéssica não faria isso!

Leila: Admite logo, pitosga!

Helen: Não foi ela stora, a Jéssica é que lhe disse que fazia em troca de dinheiro!

Blair: Mas a Jéssica NUNCA pediu a outra pessoa isso que vocês estão a dizer! Não é pessoal?

Isabella: Não pediu, porque sabia que vocês não iam a aceitar!  

Jonathan: Se ela me pedisse eu aceitaria!

Carlos: Eu também!

Blair: Então o Mike, nem se fala!

Mike: Olha, eu ainda sei falar!

Prof: Victoria, eu espero que isto não se volte a repetir! Eu vou dar conhecimento disto aos teus pais! E vais fazer umas fichas que te vou dizer!

Victoria: Mas stora!

Prof: Não há mas nem meio mas! – ela baixou a cabeça e não falou mais.

Victoria: pensamentos: estás morta Joanne!

***

A aula continuou e FINALMENTE acabou!

 

Blair: Joanne, fica lá este intervalo connosco, please!

Eu: Blair, tu estás bem? Tu estás-me a implorar!

Blair: Tu estás bué distante de nós desde que começaste a namorar! E se queres saber eu e a Leila, já estamos por aqui – ela esticou a mão à frente do pescoço – com os JotaKapa! Vocês já não querem saber de nós!

Eu: Pronto, pronto, Blair, desculpa! É que sabes, eu estou apaixonada! Não tenho culpa que vocês não estejam!!!

Blair: Olha, pá esquece! Vai ter com o teu Jasonzinho! Nós entendemos isso, que estás apaixonada e essas coisas todas lamechicas! Mas não podes deixar de estar connosco só porque namoras!!! E não estamos a ser egoístas!!! Agora tu estás a ser egoísta em relação a nós! No princípio, deixamos, estavas caidinha, e se no princípio te dissesse isto que te estou a dizer agora, aí sim, estava a ser egoísta! Mas agora não, não queres saber de nós, nós aguentamo-nos sozinhas! TCHAU!

Eu: BLAIR! – mas ela desceu as escadas, sem nunca olhar para trás, sinto me culpada, ela tinha, e tem a razão.

Kate: Deixa lá, ela está toda irritadiça mas já lhe passa.

Eu: Ela tem razão, Kate, nós nunca estamos com elas! – comecei a chorar.

Kate: Eu estou sempre com a Blair! Ela não tem com que me culpar! Vou-lhe sempre buscar para ir para a escola, e às vezes vou com ela para casa, e fico 1 ou 2 intervalos sem ela!

Eu: Kate, nós só temos 3 intervalos, por isso quase nunca ficas com ela!

Kate: Pronto, tens razão!

 

Pov. Blair

 

Eu: É mesmo parvalhona! Ainda acha que tem razão!

Leila: Caga, ela acha sempre que tem razão!

Eu: Caga, não! E a Kate nem se dignou a vir connosco!

Leila: Não disseste que nos aguentávamos sozinhas?

Eu: Pois mas eu queria que elas estivessem aqui!

Leila: CAGA!

 

Tttiiililililili – tocou o telemóvel da Leila.

 

Eu: Muda de toque, miúda!

Leila: É o quê? Tu também tens este toque!

 

»inicio da chamada«

 

Leila: Tou?.....olá Jeremy!.....tá tudo fixe, e por aí? – ela pôs em alta voz.

Jeremy: Tá tudo yup!

Leila: Yup?

Eu: Burra, é está tudo fixe!

Jeremy: Piscas?

Eu: Ahaha ainda te lembras? S..M…MDM…triplicada….

Jeremy: Tás boa?

Eu: Yup!

Jeremy: Vocês não querem-me visitar?

Leila: Não!

Eu: Claro que não!

Jeremy: Obrigadinha!

Leila: Claro que queremos!

Jeremy: Pois, mas agora sou eu que não quero!

Eu: Mas vamos na mesma! Olha que eu sei onde é!

Jeremy: Então a Leila tinha razão!

Leila: Em….

Jeremy: Em dizeres que a piscas é uma marginal!

Eu: Ahah que piada SMMDM triplicada! Tu não deves saber o meu nome, pois não?

Jeremy: Blair, é blair não é?

Leila: Yup! Quando é que podemos ir para aí?

Jeremy: Hoje.

Leila: Hoje? Deves estar maluco! As nossas mães vão estar em casa depois das aulas!

Blair: Yh! Não dá na quarta?

Jeremy: Vocês saíram-me cá umas exigentes! Olhem vou ter de desligar!

Leila: Então porquê?

Jeremy: Depois eu explico.

Leila: Jeremy!

Jeremy: Tchau!

Eu e a Leila: tch…pi pi pi pi pi pi.

 

»fim da chamada«

 

Leila: Ele já está como tu, pá!

Eu: Have pity!

Leila: Português, sim?

Eu: Temos pena!

Leila: -.- .

 

Tttttttttttrrrrrrrrrrrriiiimmmmm – Oh bolas!

 

Leila: Geografia, oh não!

Eu: Pensa positivo, VAMOS RECEBER O PRÉMIO!

Leila: Deve ser uma bosta!

Eu: Oh!

E encaminhámo-nos para O PRÉMIO *.* .

Kate: Meninas, nós precisamos de falar.


sinto-me: good
música: Man Down - Rihanna

publicado por elielife às 21:30
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (77) | favorito

Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011
Capítulo Twelve

Pov. Blair

Eu: Ok, vou-te telefonar.

Leila: LOL.

 

Tililili – toca o telemóvel da Leila. Este toque mata-me!

 

»início da chamada«

 

Leila: Tou? Blair?

Eu: Leila, por favor!!!

Leila: É o hábito!

Eu: Mau hábito! – já estava-me ir embora – a Joanne e a Kate estiveram comigo, mas tiveram de bazar, já sabes mães galinhas.

Leila: Sei, aquela Joanne é uma tcholazz está sempre com o Jason!

Eu: A Kate também! Os JotaKapa!

Leila: Tu és mesmo trol!

Eu: Olha lá qual foi a ideia de ires para um sitio que não conheces?!?

Leila: Ainda bem que fui! Conheci o Jer!

Eu: Pois, mas se ele não fosse um bacano, poder-te-ia ter acontecido…

Leila: Nem digas!

Eu: Pois mas miga, cai na reau, tá! Isto não é uma novela!

Leila: Eu sei, Blair!

Eu: Tu só fazes porcaria! Pareces o Mike!

Leila: Algum problema com isso?

Eu: Leila! Está-te a dar ou já te deu! Eu estou…

Leila: Não mi enchi o saco, tá?

Eu: Oh cocó, quem fala brasileiro sou só eu, tás a ouvir?

Leila: Deves pensar que já nasceste!

Eu: TCHAU!!!!

Leila: TCHAU OH MIJO!

Eu: SMMDM quadruplicada!

Leila: Ahah! Op…

 

Pi pi pi pi pi

 

»fim da chamada«

 

Depois de meros minutos cheguei a casa.

 

Eu: Olá mãe.

Mãe: Oi. A Leila já está melhor?

Eu: Sim, era só uma dor de cabeça – menti.

Mãe: Hoje não vou fazer jantar.

Eu: Eish mãe! Fogo!

Mãe: Estou cansada.

Eu: Então vou comer cereais.

 

Fui preparar os meus maravilhosos cereais e encaminhei-me para o meu quarto.

Entreti-me a tentar completar o meu cubo mágico e acabei por adormecer, já para não falar nas tentativas falhadas!

 

***

O habitual tchau filha tchau mãe, e adormeci novamente.

***

 

Acordei. E surpreendentemente levantei-me logo. Fiz o habitual coisal matinal e vesti-me (assim). Fui tomar o pequeno almoço. E enquanto o tomava tocaram a campainha. Kate? Já?

 

Xxx: Alô!

Eu: Oi cocó, só vens tu?

Xxx: Não, eles estão lá atrás.

Eu: E porque é que tu vieste à frente?

Xxx: Porque me apeteceu.

Eu: Ah…ok… (baixinho) é mesmo cara de bosta…

Xxx: Ei eu ouvi essa, oh mijo!

Eu: Olha lá, Leila, onde é que conheceste o Jeremy?

Leila: Onde eu fui parar, ele ajudou-me por assim dizer. Foi em Laranjeira.

Eu: Eu sei onde isso é!

Leila: Ah sabes?

Eu e a Leila: MIKE!

Eu: Pois eu sei onde é por causa daquele retardado.

Leila: Ele veio connosco.

Eu: OH QUE BOA NOTICIA! – puro sarcasmo.

Xxx: Agradecido por não me quereres ver!

Eu: Tu sabes que eu estava a gozar, Mike!

Mike: Olha que não sei não… - e a Kate chegou saltando para as costas do Mike. – Ai, pá!

Kate: Que maricas! – e saiu das costas dele.

Xxx: Guys, podemos só esperar um minuto pelo Jason?

yyy: Tipo, não! Quem vai esperar por esse retardado?

Xxx: Vê lá como falas do Jason, Jonathan!

Jonathan: Uuuhhh! Estou cheio de medo.

Eu: Só podia, o parvo!

Jonathan: Tu és 10 vezes mais parva que eu!

Eu: E tu infinitas vezes!

Jonathan: Oh Blair, se eu sou infinitas vezes e tu és mais 10 vezes que eu, então tu és mesmo muito muito parva!!!! São mais muitos mas não vou gastar a minha saliva em ti!

Mike: Ele tem razão. – e começou-se a rir.

Eu: Ahah – ri sem vontade.

Leila: Vamos ter de esperar muito?

Xxx: Não, já cá estou.

Jonathan: Finalmente!

Eu: Até parece que esperaste muito! E já fechavam a porta, não?

Mike: Vamos sair agora, oh besta!

Kate: Vocês não conseguem estar um instante sem se insultarem?

Mike: Com a Blair, há sempre com o que gozar! E insultar!

Eu: Também te adoro, Mike. – a Joanne e o Jason estavam lá aos marmelanços o.o.

Jonathan: Duvido que ele sinta o mesmo!

Eu: Olha que eu vou-te à cara!

Jonathan: Estou pra ver isso!

Kate: Blair, ainda partes alguma coisa!

Mike: Meninos parem lá com isso!

Leila: Fala o bem comportado!

Kate: Baza mas é para a escola!

Mike: Também acho…mais ou menos.

Eu: Pois é, nós ainda não recebemos o prémio do concurso de Geografia!

Mike: Tu nem entraste!

Eu: Não somos uma turma?

Leila: Yh, e o stor disse que o prémio era colectivo!

Jonathan: Deve ser uma porcaria qualquer!

Eu: Meu, tu não vais sair daqui vivo!

Jonathan: Tu adoras-me!

Eu: Ai o caraças!

Kate: BORA, PÁ!

Mike: Prontos, mãezinha, vamos!

Eu: É pronto, não prontos.

Jonathan: a … - a Leila tapou-lhe a boca! Haja alegria, haja casal Garcia!

Eu: Donse!

Jonathan: Dobra aí a tua língua, tas a ouvir? – ela, infelizmente, já a tinha tapado.

Eu: Ahah e és tu que ma vais dobrar!

Jonathan: Pois sou! Há dúvidas?

Leila: Eu nem quero saber como é que vais fazer isso!

Jonathan: Pois, é melhor não ficarem a saber.

E eu fiquei tipo oin?

Mike: Oh pombinhos, baza.

Joanne e Jason: Estamos a ir.

 

E bazámos, rumo à escola, uuuhhh que fixe! -.- .

 

Cheguei-me mais para a Kate para lhe falar do assunto do CF.

 

Eu: Oh burrinha, tu fizeste mal as contas nós temos muito mais tempo do que 2 semanas!

Kate: E tas a falar de…

Eu: CF.

Kate: De….

Eu: És mesmo lerda! Do campo de férias! PÁ!

Kate: Aaahhh puxa sempre a insultar, o raio da miúda!

Eu: Desculpa…

Kate: Já nem me lembrava disso.

Eu: Mas…

Kate: Já desisti…

Eu: O quê? – depois vi que a Leila estava sozinha, pois o Mike e o Jonathan, estavam a falar (provavelmente de porcarias -.-), os Jotas estavam a namorar e eu e a Kate… pronto vocês já sabem! – Espera aí. – e fui ter com a Leila. – Anda para ali ter connosco.

Leila: Deixa lá… - ela nem teve tempo, foi logo puxada. – Epá que bruta!

Kate: Montes!

Eu: Ahah – ri sem vontade – Desculpa aí…

Leila: Não estás desculpada – fiz-lhe o dedo do meio – Oh! Mal criada!

Eu: (para a Kate) Eu não acredito que desististe, minha! (para a Leila) Deixa-me incluir-te, estávamos a pensar em juntar money para irmos a um campo de férias, toda turma, mas esta besta cortou-se!

Leila: Oh já estás melhor?

Eu: OH SUA BURRA!!! NÃO É CORTOU-SE DE CORTAR É DE DESISTIR DE FAZER O QUE IA FAZER, PÁ! BURREGA!!!

Leila: Eh, calma miúda eu percebi! Era só para gozar!

Eu e a Kate: -.- .

Leila: Só pode ter sido ideia tua, mijo!

Eu: Por acaso não foi, oh cocó!

Kate: Yh, a maravilhosa ideia foi minha….

Leila: Pppprrrrrr!!!! – riu-se.

Eu: Dou ideias assim tão estapafúrdias???

Leila: Não, a Kate superou-te! Ahahahahah!

Eu: Isso não é bom!

Kate: Pois, é muito mau! Mas o que interessa é que eu entendi que não dava….

Leila: Se fosse a Blair não tinha entendido! Kakkakakak!

Eu: Queres levar uma chapada nessa fuça?!?!?

Leila: Quem a merece é o Jonathan!

Kate: Porque… epá aquela já lhe foi lá bater!

Eu: Wwwaaaaaa!!!!!

Jonathan: Tu estás bem, miúda? Eu sei que me adoras mas não precisas de chegar tão perto!

Eu: Até parece! – e afastei-me. Mas ele aproximou-se, e eu afastei-me e ele aproximou-se e foi continuando assim até eu embater na Joanne e no Jason , que se estavam a beijar – Wwwaaaa!!!! Desculpem!

Jonathan: Ahahhahahahhahahhahahhahahhahah – ele ria-se desalmadamente.

Eu: EU ODEIO-TE JONATHAN!!!!!

Jonathan: Ahahhaa.

Joanne: Controla aí a cena, Blair! Interrompeste o momento!

Eu: É este parvalhão!!! Vais apanhá-las, caraças! – comecei a correr atrás dele e ele a fugir. De repente ele caiu, e como eu estava quase a apanha-lo caí também, em cima dele. Ficámos a olhar um para outro, até sermos interrompidos.

Leila: MOCHE AO JON E À MIJO!!!!!

Mike: MOOOCCHHEEEE!! – e correram todos para cima de nós menos os bregas da Joanne e do Jason.

Eu e o Jonathan: (antes deles chegarem) Oh não!  

Eu: Ai a minha barriga!!! – já tinham chegado.

Jonathan: Saiam de cima do meu menino!

Kate: O meu braço…..au…

Mike: Autch!!!

Leila: Não podias ter saltado antes de mim, Mike?

Mike: Foste a primeira a começar a correr! – disse com dificuldade.

Eu e o Jonathan: SAIAM DE CIMA DE NÓS! JÁ!!!

Joanne: Vocês estão no meio da estrada! Vem aí um carro!

Leila: eu já tive um susto que chegue com carros! Sai de cima de mim, Mike!

Mike: Sai Kate!

Kate: E se eu não sair?

Eu: (com muita dificuldade) SOMOS ATROPELADOS, BESTA!

Kate: Oh ok :O!

 

Depois de muitos ais e aus e de queixamentos fomos rumo à escola outra vez, não estávamos atrasados porque gostamos sempre de ir para a escola mais cedo que o toque, mas também não faltava muito, se calhar quando chegarmos toca -.-.

 


sinto-me: ------
música: E.T. - Katy Perry ft Kanye West

publicado por elielife às 03:30
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (78) | favorito

Terça-feira, 2 de Agosto de 2011
Capítulo Eleven

Pov. Leila

 

Eu: Deus me proteja!

Jeremy: Então e eu?

Eu: Tu sobrevives!

Jeremy: Obrigadinha! Para quem não queria ir embora, estás com muita pressa!

Eu: Isso foi no início, Jer! Posso-te chamar Jer?

Jeremy: Tipo, NÃO!

Eu: Então porquê?

Jeremy: Porque é bué foleiro!

Eu: Tu és foleiro!

Jeremy: Olha agora! Foleira, és tu! Eu sou completamente o contrário da palavra foleiro!

Eu: Pois, pois… tu dás-me fezes!

Jeremy: Anh?

Eu: Eu disse fezes? Quis dizer caramelo.

Jeremy: Não, tu quiseste dizer fezes!

Eu: Tu sabes o que é que é fezes?

Jeremy: Coisa castanha que sai pelo cú, e que cheira mal!

Eu: Pode também ser verde! Ai oh JER que conversa nojenta!

Jeremy: Quem a começou foste tu, oh cocó! E NÃO ME CHAMES JER!!!

Eu: Oh é tão fofo!

Jeremy: Eu sou fofo, a amostra de alcunha não!

Eu: E convencido, não?

Jeremy: Nnaaaoooo….. Olha, agora vais ter de me dizer qual é o caminho.

Eu: Ainda me assaltas a casa!

Jeremy: -.- .

Eu: Esqueceste que tu és um marginal?

Jeremy: -.- Gostava que me tratasses como uma pessoa normal. – disse já triste.

Eu: Ok, desculpa, Jer. Mas tu é que estás sempre a dizer que és um marginal!

Jeremy: NÃO ME CHAMES JER!!! E EU ESTOU MAIS OU MENOS A BRINCAR!!

Eu: Mais ou menos? E NÃO GRITES COMIGO! – isto já parecia uma peixaria - JEREMY!

Jeremy: O QUÊ?!

Eu: OLHA O CARRO!!!!!! – ele virou o volante e travou quase embatendo num outro carro estacionado.

Jeremy: Estás bem? – eu não respondi. Estava em transe! – Leila! Estás bem?!!? Leila responde!

Eu: Estou, estou – ele suspirou.

Jeremy: Que susto miúda!

Eu: Tu ias-nos matando!

Jeremy: Desculpa… - disse olhando para baixo.

Eu: Tass o…

 

Pppppppppppiiiiiiiiiiiiiiiii – buzinaram.

 

Jeremy: Parvalhões! Não sabem esperar!

Eu: Anda lá é melhor saíres.

Jeremy: Eu espero que a minha banheira esteja bem.

Eu: A tua quê?!

Jeremy: nada, tu és burra demais para perceber!

Eu: Olha agora! Levas uma lambada nessa cara linda! – corei, eu disse aquilo???!

Jeremy: Cara linda? Uuhhh sinto-me lisonjeado.

Eu: Eu disse cara linda? Quis di…

Jeremy: Quiseste dizer cara mais que linda – e riu-se.

Eu: Tché! Que convencido – ele parou o carro. – Porque paraste?

Jeremy: Eu tenho cara de bruxo?

Eu: -.- Ok já percebi, agora vai ali para cima.

E chegámos ao destino.

Eu: Obrigada, Jer!

Jeremy: AAAIIII!!!!

Eu: Vá lá!

Jeremy: Está bem chata!

Eu: Yyyuuupppiii!!! – e fiz uma ganda festa, ele ficou tipo “oi?”. – Ok já chega.

Jeremy: Também acho – e deu um leve riso. – Gostei de te conhecer.

Eu: Eu também, parece que nos conhecemos à séculos!

Jeremy: Yup! Tchau cara linda – corei, petrifiquei, fiquei em transe o.o – Estás um tomate.

Eu: É melhor eu ir.

Jeremy: E não nos vamos mais ver?

Eu: Tens papel e caneta?

Jeremy: Não… - disse como se fosse óbvio não ter o que lhe pedi -.- .

Eu: Telemóvel?

Jeremy: Para….

Eu: Santa Teresinha, Jer!!! Para eu te dar o meu número! – ups estou a usar a santa da Blair.

Jeremy: Sim, eu sabia que era isso, toma. – e entregou-me o seu telemóvel.

Eu: Já está. Agora liga-me. És moche?

Jeremy: Claro que sou!

 

Tililililili – toca o meu telemóvel.

 

Eu: Tou?

Jeremy: Parvinha – e riu-se.

Xxx: Leila!!!! Oh sua cocó, por onde andaste? Estávamos loucas à tua procura!

Eu: Olá para ti também, mijo! E estou muito bem!

Xxx: Pára lá com as ironias!

Eu: Blair, eu estou viva!

Blair: Naaaoooo, eu estou a falar com uma morta! Tu dás-me fezes, miúda!

Jeremy: Anh?

Eu: Oh, este é o Jeremy.  Jeremy esta é a Blair.

Jeremy: Ah a marginal…

Blair: O quê! Eu ia dizer prazer, mas com essa simpatia já não digo!

Jeremy: Calma, miúda! A Leila é que me disse que eras marginal!

Blair: Leila, eu juro-te, se ficares sozinha comigo, estás MORTA!

Jeremy: Então não a vou deixar ir-se embora.

Blair: Isso é muito querido da tua parte, mas ias adorar a tua vida sem esta cocó!

Eu: Olha lá, oh mijo! Tu não vivias sem mim!

Blair: Pois não – e riu-se.

Jeremy: Wow vocês adoram-se! Leila, vou ter de bazar, tchau Blair!

Blair: Prazer! – ela e ele deram um levo riso.

Eu: Jer, não queres subir?

Jeremy: Deixa lá, ainda me pegam essa coisa!

Blair: Qual coisa?

Jeremy: SMMDM

Eu: Anh?

Jeremy: Síndrome de Maluquice Misturada com Dejectos e Mijo.

Eu: Aaaaahhhhh!!!! – exclamei percebendo a sigla.

Blair: Eu acho que tu tens essa coisa triplicada!

Jeremy: Ahah -.- .

Blair: :)

Jeremy: ;)

Blair: ;)

Eu: Param com as piscadelas sashavor?

Jeremy e Blair: Anh?

Jeremy: Eu tenho mesmo de bazar.

Eu: Ok, vai com cuidado, menino Jer!

Jeremy: Vou ter mãezinha!

Eu: É para teres mesmo!

Jeremy: Ssiiimmm…..Tchau piscas!

Blair: Tchau síndrome triplicada!

Eu: Então e eu? Não mereço um tchau?

Jeremy: Tchau cara linda – corei, petrifiquei, e fiquei em transe o.o.

Eu: Tchau parvo! – e ele bazou.

Blair: Wow! Adorei-o!

Eu: Ele é mesmo fixe!

Blair: Minha, sai do barco do Stafro, e entra no do Jeremy.

Eu: Eu ainda amo o Stafro.

Blair: O quê?

Eu: Sim, ele é que foi aquela pessoa!

Blair: Isso não quer dizer nada!

Eu: Para mim quer! Vais subir?

Blair: Não, a minha mãe está à minha espera, disse-lhe que não demorava.

Eu: Está bem ….

Blair: Podemos falar por Mocher?

Eu: Claro!

 

Pov. Stafro

Eu: P***, já me trocou! Não ficas comigo, não ficas com mais ninguém! CARAÇAS!



publicado por elielife às 04:38
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (23) | favorito

Segunda-feira, 25 de Julho de 2011
Capítulo Ten

Meninas, a sério, DESCULPEM! Desculpem mesmo o meu atraso! É que...tenho andado um pouco cançada, sorry girls :/ . Não prometo, mas vou tentar postar o onze mais depressa, pode ser, quiduxas :)

 

Blu Blu :) 

 


 

Eu: Aaamm…stora, eu acho que sei onde é que ela está – a Joanne estava tão entretida com o Jason que nem se apercebeu que a Leila não estava na sala. – Não posso ir ver dela?

Prof: Não, se ela quiser que venha, não é você que a tem de ir buscar!

Eu: Oh stora, provavelmente ela não ouviu o toque, e se ela tem mais alguma falta a esta disciplina, tem de fazer uma coisa que eu não sei o nome.

Prof: É o teste de recuperação – eh, deve ser isso – Vai lá então, e que isto não se volte a repetir, e se se atrasam muito levam as duas falta.

Eu: Está chekado, digo entendido - ups, linguagem adolescentil numa aula, não é lá muito bom :$.

Prof: Eu espero que esteja mesmo.

Victoria: Na volta está só a inventar desculpas para ir embora!

Isabella: Sim, porque, como é que tu sabes onde ela está, oh quiduxa – disse mastigando a sua nojenta pastilha, e fazendo um balão, eeewww, que nojo!!!

Eu: Oh lambisgóias…

Prof: Quer que eu me arrependa de a ter deixado ir? E Isabella pastilha no lixo. – ela tirou a pastilha da boca e começou a fazer uma bola com ela, ai minha Santa Teresinha! E depois disse “gosto tanto de pastilhas, tu não, Blair?” e pôs a pastilha quase em cima de mim! Eu tenho pavor a pastilhas!!! E ela sabe disso!

Eu: Ai stora eu acho que vou vomitar!

Helen: Assim mandam-se 2 estúpidas para fora ao mesmo tempo!

James: Tu importas-te de te calar?

Helen: Tché! Este aqui já pensa que tem rabo.

Pipa: Olha lá como é que falas com o James!

James: Pipa?!?!

Helen: Sim, Pipa, o que é que te deu?

Victoria: Parece que temos uma apaixonada pelo mecas!

Eu: Olha lá, quem o chama de mecas sou só eu, tás ouvir?

Prof: Blair!

Eu: Já bazei. – disse levantando os braços.

Victoria: Acho bem! – fiz-lhe o dedo do meio, discretamente, para a stora não ver. E ela fez-me uma cara de má. É mesmo parva!

Epá daqui a nada está a Leila a chegar à sala e eu não a apanhei no sitio onde ela costuma estar, no nosso “special place” u.u é num canto que só as Four (eu, Kate, Joanne, e Leila) sabem onde é (já muita gente deve saber, mas coise), está numa espécie de bosque que temos lá na escola, incrivelmente, esta maravilhosa (ironia) escola tem muitas árvores, e a Leila construiu lá uma espécie de banco, para nos sentarmos, eh, ela é muito engenhocas. Aposto que ela está aí! Fui até lá mas não estava, onde é que raio aquela miúda se meteu?!

 

Tilililili – toca o meu telefone, wow que toque mais sensual :p

 

»inicio da chamada«

 

Xxx: Tou? Blair? – pronto já sei quem é só pode ser a besta da Leila (pormenor, não vi o nome do “chamador” de tão mais ou menos irritada que estava -.-)

Eu: Opá a sério, qual é a besta que que telefona e depois pergunta se a pessoa com quem está a falar é aquela a quem ela ligou, opá que burra, Leila!

Leila: Um pouco confuso – forçou o riso, sim porque percebeu-se logo! Ela estava a chorar.

Eu: Leila, o que se passa? Onde é que tu estás?

Leila: Não sei…

Eu: Ãnh?

Leila: Blair, eu…

Eu: Oh rapariga, tu fala-me!

Leila: Eu… - ai, eu sei que és tu! – eu apanhei um bus qualquer e…

Eu: Leila! Tu deves pensar que estás numa novela! Não me sabes descrever onde estás?

Leila: Num bairro…talvez perigoso…e estão a vir pessoas até a mim… - ai minha santa Teresinha, onde é que aquela se foi meter!

Eu: Que tipo de pessoas?

Leila: Blair! Salva-me! Mau aspecto, gangsters, aaa… Olha… rapariga bonita – ouvi a dizerem. SANTA TERESINHA!!!! Não desligues o telefone, não desligues!

 

Ela não desligou.

 

Rapaz 1: O que é que uma rapariga tão bonita faz aqui sozinha?

Leila: E como é que se chama o “aqui”?

Rapaz 2: Ttcchhiii! Ainda por cima não sabe onde está. – reparei na mudança de tom de voz e calculei que fosse outra pessoa, neste caso outro rapaz.

Rapaz 1: Podemos ir a um sítio se quiseres…digo-te logo onde estás! – ouvi (acho) passos de aproximação.

Rapaz 2: Não te vamos fazer mal.

Rapaz 1: Ai não?

Rapaz 2 : Não sabes mesmo onde estás? – provavelmente ela negou com a cabeça pois ele logo respondeu. – Tecnicamente Laranjeira -  ela riu-se e acho que ele também.

Rapaz 1: Opá vamos mas é bazar que isto já está a ficar romântico.

Rapaz 3: Yh baza. – logicamente eles bazaram, bem o rapazito parece simpático, acho que não vai acontecer nada de mal, obrigada santa Teresinha!

Rapaz 2: Continuando…mas logicamente, é a zona dos marginais. – oin? – Mas não precisas de ter medo.

Leila: Ai não?

Rapaz 2: (ele riu) Pensava que não falavas, mas não, não precisas de ter medo.

Leila: Ainda bem…

Rapaz 2 : Ah e eu sou Jeremy.

Leila: Leila.

Jeremy: quer… pi pi pi – oh parvalhona desligou!

 

»fim da chamada«

 

Pov. Leila

 

Ele é lindo! E é tão simpático *.* . pensava que eu ia acabar num quarto semi nua e tratada horrivelmente mal! Mas não, ele, Jeremy, “salvou-me” *.* .

 

Jeremy: Queres que te leve a casa? – tive de desligar a chamada, a Blair não precisa de saber esta parte :$

Eu: Aaamm…não.

Jeremy: Não?

Eu: Precisava mesmo de sair daquele sítio, e não me apetece voltar para lá!

Jeremy: Então o que apetece fazer?

Eu: Sei lá! Tu é que moras aqui!

Jeremy: Ir a um café?

Eu: Não.

Jeremy: Cinema…?

Eu: Nnaaaooo! – respondi um pouco confusa.

Jeremy: Já vi que és exigente!

Eu: Um pouco… e que tal darmos um passeio?

Jeremy: Parece-me bem.

 

A andar:

 

Jeremy: Olha lá, não devias estar na escola?

Eu: Baldei-me. E tu?

Jeremy: uuhhh rebelde! Eu não ando na escola. – disse mais triste.

Eu: Bem consegues ser mais rebelde que eu mas então porque é que não andas?

Jeremy: Eu…eu faço parte dos marginais, e os marginais… - hesitou.

Eu: Não andam na escola – concluí. – Mas é porquê? Não tens dinheiro ou não queres?

Jeremy: Ter dinheiro, tenho, não muito, mas acho que dava para escola, para os materiais digo.

Eu: Mas queres?

Jeremy: Sim. – primeiro hesitou mas por fim respondeu.

Eu: Então porque não andas? – alô??? De que mundo és rapazola??

Jeremy: Esta escola não me vai servir de nada!

Eu: Todas as escolas servem!

Jeremy: Acredita, esta não! Para quem se balda até parece que gostas da escola!

Eu: Pois gosto! O que é que pensas? Não quero viver aqui no meu futuro!

Jeremy: Pois mas eu vivo! E se não gostas BAZA – gritou, nunca pensei que havia esta parte má nele! Irra! Não acerto nenhuma!

Eu: Não precisas de gritar que eu oiço muito bem! TCHAU! – e encaminhei-me não sei para aonde, não sabia por onde ia, ele sabia, e ali, dependia dele, mas não me ia dar por vencida, ai não, não ia! Senti uma mão agarrar-me e num impulso virei-me, óbvio que sabia quem era! – O que é que queres? Não me disseste para bazar?

Jeremy: Desculpa… E onde é que ias, se nem sequer sabias onde estavas?

Eu: Desenrascava-me!

Jeremy: Pois! Eu não iria deixar-te ir sozinha!

Eu: Pois, o protector!

Jeremy: Anda lá, eu levo-te!

Eu: Não! Contigo não vou a lado nenhum! Sabe-se lá o que me podes fazer!

Jeremy: Leila! – disse em voz de repreensão – Aceitaste passear comigo, e agora é que te vem o medo! És mesmo esperta!

Eu: Olha agora! Agora chamas-me burra!

Jeremy: Eu não te chamei de burra! Baza mas é! – agarrou-me tipo saco de batata e levou-me não sei para aonde, toda a gente estava a olhar, que bando de curiosos! 

Eu: Larga-me, pá! Olha que te vais dar mal!

Jeremy: Ui que medo! Esqueceste que sou um marginal?

Eu: Pois eu já percebi isso, põe-me lá no chão se faz favor!

Jeremy: Não estou a ouvir nada!

Eu: c******! O sangue está-me na cabeça, porra!

Jeremy: Esta mosca até diz asneiras e tudo!

Eu: Jeremy!

Jeremy: Pronto, pronto, ok! – e pôs-me no chão o pior é que a minha blusa subiu, enquanto ele me punha no chão, e ele reparou na grande mancha roxa que tinha na barriga – O que é que era aquilo?

Eu: Nada, nada!

Jeremy: Leila! – disse com o sua voz de repreensão – Bateram-te?

Eu: Não! Claro que não, fui eu que me queimei.

Jeremy: Deixa ver.

Eu: Não é preciso, isto já foi há algum tempo. – mas ele agarrou na blusa e subiu-a.

Jeremy: Isto não parece ser uma queimadura, Leila!

Eu: Mas é! Levas-me para casa ou não?

Jeremy: Bora lá! Mas quem é que te fez isso?

Eu: Jeremy! Fui eu que me queimei, pá!

Jeremy: Eu não acredito em ti!

Eu: Quer dizer, já me chamaste burra, agora mentirosa, o que é que me vais chamar a seguir?

Jeremy: Ok, eu não toco mais no assunto!

Eu: Ainda bem. – ele revirou os olhos.

***

Jeremy: Estás entregue.

Eu: Vais-me levar só até à paragem?

Jeremy: Queres que te leve até aonde?

Eu: Oh filho pelo menos diz-me que autocarro apanhar!

Jeremy: Se eu soubesse em que sitio vives, se calhar dizia!

Eu: Baixa da Banheira.

Jeremy: Apanha o 13.

Eu: Obrigada – ele não respondeu. – Estás amuado, é?

Jeremy: Estou!

Eu: O que é que eu fiz, meu?

Jeremy: És parva!

Eu: Olha! Agora chamas-me parva! Wow que boa amizade que temos!

Jeremy: Não tinhas de ir?

Eu: Eh, meu, arrogante! E o autocarro ainda não chegou, como é que queres que me vá embora? Tu é que podes ir!

Jeremy: Eu não vou.

Eu: Porque….

Jeremy: Queres ser assaltada?

Eu: Tu disseste que eu não precisava de ter medo!

Jeremy: Mas deves ter! Só disse aquilo para te consolar, estavas muito assustada!

Eu: Muito obrigado por me teres omitido isso! Vou ver quando é que o autocarro chega. – e fui - ELE VAI DEMORAR BUÉS!!! SÃO 32 E ELE SÓ SAI DE LÁ ÀS 52!!! AAAARRRGGGG!!!

Jeremy: Calma, miúda são só mais 20 minutos! E mais o tempo dele vir, é pouco….

Eu: Pois, pois…

Jeremy: Queres que te leve de carro?

Eu: Tu sabes conduzir? Melhor, tu tens idade para conduzir?´

Jeremy: Não tenho idade, mas sei conduzir!

Eu: Pois, mas eu não quero morrer hoje, ainda sou muito nova!

Jeremy: Ahah! Eu já só pró, minha!

Eu: Posso confiar?

Jeremy: Claro que podes! Afinal eu sou um marginal! – disse ironicamente.

Eu: Wow que ironia! Vou confiar, olha-me o que é que tu fazes! Se me acontecer alguma coisa a Blair parte-te a boca, ‘tas a ouvir?

Jeremy: Quem é a Blair?

Eu: Uma marginal!

Jeremy: Ahahah então é melhor não te levar!

Eu: Não sejas parvo! Tu sabes onde é que é a baixa?

Jeremy: Claro que sei! Podes confiar!

Eu: Vamos ou não?

Jeremy: Bora lá apressada!


sinto-me: BEM :)
música: blu blu

publicado por elielife às 23:17
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (9) | favorito

Quarta-feira, 13 de Julho de 2011
Capítulo Nine

Nono capítulo, aqui vamos nós :)

 


 

Puxa, desde que ela arranjou a porra daquele namorado, não me liga! Não é que eu tenha ciúmes, mas, vocês entendem, né? Eu sei que sim…

Xxx e Yyy : BBUUUHHHH!!!!

Eu: Aaaaahhhhhh!!!!

Xxx e yyy: Aaaaahhhhhh!!!!

Eu: Opá vocês querem-me matar de susto?

Xxx: Por acaso até queríamos, mas ainda precisamos de ti.

Eu: Para quê?

Yyy: para viver!

Eu: Wwwooo, que homenagem! – disse sarcasticamente.

Xxx: Opá, tu és uma parva!

Yyy: Yh, quer dizer, dizemos-te uma coisa suuuper querida, e tu contribuis com sarcasmo!

Eu: Vocês poupem-me! A constipação afectou-vos o cérebro!

Xxx: Então? Tu e o James? Há love?

Eu: Leila?!?!

Leila: Blair?!?!

Eu: Entre eu e ele, não há nada!

Yyy: Pois, pois.

Eu: Joanne, eu não gosto dele, quer dizer gosto mas como amigo!

Joanne: Por falar em love, como é que está o meu Jason?

Eu: Minha, achas que eu sei?

Joanne: Minha, ele está na tua turma!

Eu: Nem dei conta!

Joanne: Não sejas parva!

Leila: Olha, ele está ali.

Joanne: Jjjaaassoonn – e foi a correr até ele. Eles são tão lamechicos! Minhas, ela saltou para o colo dele, foram só uns dias sem se verem!!! Imaginem e fossem meses!

Leila: É só love!

Eu: Então e tu?

Leila: Eu o quê?

Eu: Leila, sabes perfeitamente que comigo não pega!

Leila: Está tudo bem.

Eu: Tudo bem, mesmo? É que da última vez que disseste isso, não foi bem assim.

Leila: Blair, eu não o vejo há 5 dias, portanto não tens com que te preocupar.

Eu: Pois mas tu é que te devias preocupar! Ele não te merece!

Xxx: Quem é que não merece quem?

Eu: Tu! Tu não mereces o amor da Leila, Stafro!

Stafro: E o que é que tu tens a ver com isso? Eu gosto muito da Leila!

Eu: Gostas tanto que… - ele pegou bruscamente no meu braço.

Stafro: Que o quê anh?

Leila: Stafro, larga-a!

Stafro: Cala-te!

Xxx: Não a ouviste? Larga-a! – ele largou-me.

Stafro: E tu? O que é que queres? Queres apanhar, é?

 

Só vi o Stafro a levar um soco. Ele pôs a mão na cara, mas logo tirou-a e retribuiu o soco.

 

Leila: Parem!!!

Eu: Mike! Pára!

 

Mas continuaram. Até que o Stafro ficou em cima do Mike, e começou a encher-lhe de socos.

 

Eu: MIKE!!! Pára Stafro!!! – a sério eu tive de ir lá parar aquele brutamontes! Má ideia, porque levei uma bela chapadona, bela não! As pessoas começaram a fazer rodinha, até que um foi separá-los. Aleluia! Alguém inteligente! Fui logo ter com o Mike, ele estava estrangulamente estrangulado! Só me apeteceu ir dar uma bela de uma boa chapada ao pppiiii do ser do Stafro! Bem que ele merecia! Encaminhámo-nos para a escola, para irmos até a enfermaria. Mas a incompetente da funcionária, supostamente mais ou menos enfermeira, não estava lá! Acreditam??? Eu não! Epá, elas nunca estão quando é preciso! Bem, lá tive eu de cuidar do coitado.

 

Eu: Mike, duas vezes quase na mesma semana! Tu já viste que só apareces quando há problemas? – ele sentou-se na maquete e eu comecei a tratar das suas feridas.

Mike: Preferias ter sido tu a estrangulada?

Eu: Olha que até levei uma chapada!

Mike: Porque te foste meter, como sempre! Tu não sabes ficar quieta? Aaauuu, pá!

Eu: E tu não sabes não te meter em problemas? – disse no mesmo tom que ele.

Mike: Olha quem fala! Aaaiii, iiieeefff! Até parece que és uma santinha! Olha lá, tu estás vermelha!

Eu: Tou um tomate! – ironizei.

Mike: Estou a falar a sério, Blair!

Eu: Meu, ele já me deu a chapada há muito tempo, não posso estar vermelha!

Mike: Oh mas se eu estou a dizer que estás.

Eu: Pera aí – e fui ver ao espelho que estava numa pequena casa banho, da enfermaria.

Mike: Também, achas que vou aonde?

Eu: Cala-te aí oh! Estou só um pouco, já passa – voltei. – O que é que tens feito?

Mike: Nada.

Eu: Andas tão longe nas aulas.

Mike: É a vida! Aaaaauuuu, bruta!

Eu: Olha, eu espero que não andes a fazer m****!

Mike: Nnnaaaaooo….

Eu: Mike?!

Mike: Eu… - e acabei de tratar a cara desfeita dele.

Eu: Não andas, pois não? – interrompi-lhe. 

Mike: Sabias que eu adoro-te?

 

Tttttrrriiiiimmmmm – Elá! Este intervalo foi grande!

 

Eu: Porcaria de campainha! Não mudes de conversa.

Mike: Nós temos de ir para as aulas, marrona.

Eu: Marrona. Quem te dera! Então depois das aulas falamos. – ele levantou-se para irmos para a “porta da sala”.

Mike: Depois das aulas, vou para casa.

Eu: Desta aula.

Mike: Vou estar ocupado.

Eu: cccooommm…….

Mike: Não achas que estás a ser muito cusca? – perguntou parando à frente da porta da sala.

Eu: Acho, mas contigo já se sabe!

Mike: O que é que tenho eu?

Eu: Mike, tu sabes!

Prof: Bom dia meninos!

Quase todos: Bom dia, stora!

Mike: Assim como assim obrigada – e beijou a minha bochecha, enquanto isso passou o atrasado do Jonathan e fez aquele sou com a boca “cou coum” como se…juro não sei explicar!   

Eu: O que é que foi oh galdério!

Jonathan: Essas coisas não se fazem na escola!

Eu: Dar um beijo na bochecha?! Trata-te! Pior és tu que beijas noutro sítio!

Jonathan: Lá estás tu com os teus ciúmes!

Eu: Aaahh, pá! Prefiro ter aulas do que te aturar!

Jonathan: Auch!

Mike: Metes-te com ela, aleijaste!

Jonathan: Nhanhanhanhanhaaa

Mike: Agora falas à bebé?

Helen: Não lhe ligues, Jon! Este aqui não tem classe!

Jonathan: E tu tens?

Helen: Que pergunta, joninho! Claro que sim!

Mike: Ppffff, bazei!

Jonathan: Eu também.

Helen: Depois falamos, tá, honey?

Eu: Honey? Só se for mesmo abelha!

Jonathan: Depois diz que não me queres aturar, sim? Tu é que te metes comigo!

Eu: Deves pensar que não tenho mais nada que fazer!

Jonathan: Tu amas-me, admite!

Eu: Só se foi na minha antecedência! É que nem isso!

Jonathan: Tu queres mesmo me ofender!

Prof: Oh vocês! Já estamos na aula!

Eu e ele: Desculpe, stora!

Carlos: (baixinho para o Jonathan) Desde quando é que tu pedes desculpa?

Jonathan: Desde agora, desvairado!

Carlos: Sempre de bom humor!

Jonathan: (mais alto para eu poder ouvir) Há pessoas que põe as outras mal humoradas!

Eu: E há pessoas que…

Prof: E há pessoas que não sabem estar caladas! – fui interrompida pela stora -.-

Jonathan: Donse!

Eu: Vai-te catar!

Prof: Estão aqui todos?

Eddy: É para isso que serve a chamada!

Prof: É por aquilo que você tem de estar calado – disse apontando para a porta, mas não era para ele sair, ela só estava ameaça-lo :p bem feita!  - Vamos lá fazer a chamada. – e começou a fazê-la quando chegou ao nome da Leila ninguém respondeu, mas porque raio ela não estava na sala? Ela deve ter bazado na confusão! Ai mãe! Acho que sei onde ela está. ODEIO O STAFRO!

 


Para quem não se lembra o Stafro é este.


sinto-me: ------
música: Bailarina - Angélico Vieira

publicado por elielife às 17:23
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (50) | favorito

Domingo, 10 de Julho de 2011
Capítulo Eight

Acordei. Acendi a luz da minha cabeceira. Eu tenho duas luzes uma colada à parede que é para leitura e outra na mesa-de-cabeceira, mais fraca. Espreguicei-me que nem um gato, respirei fundo 4 vezes e bebi um copo de água, que já tinha posto ontem na minha mesa de cabeças, como gosto de chamar* :p. E pulei da cama, adoro acordar assim, bem-disposta! Hoje, nem vou discutir com o par…, com o querido do Jonathan! Sabem com o que sonhei? Sonhei que estava a turma toda, todinha, num campo de férias, acham isso normal? Até foi fixe, não posso dizer o contrário :) . Continuando…fui até a casa de banho, ei espera lá, hoje a minha mãe não me disse tchau, de manhã! Ooohhh, como se pode ter esquecido da sua filha favorita? Não, eu não tenho irmãos, nem irmãs, infelizmente :/ . Continuando again…eish, men, adorava mesmo ir ao campo de férias com a minha turma, mas não vai resultar, curioso… adormeci com essa frase o.O. Opá! Hoje é o dia da interrupção! Esta é de vez, como já disse fui à casa de banho, tomei um banho gelado (eh…eu gosto de tomar banho de água fria :) ), é o remédio santo para acordar definitivamente :). Depois do banho tomado, não pode faltar a hidratação, por isso espalhei um creme pelo meu corpo, com o cuidado de ter um creme especial para cada parte do corpo (A). Vesti-me (assim) e fui-me pentear. Adorava dizer que desci as escadas e fui para a cozinha, mas não posso, não tenho escadas :(. Tomei o pequeno almoço, e fui-me preparar para sair, ou seja, lavar os dentes e a cara. Hoje apeteceu-me colocar uma máscara, e assim o fiz. Enquanto estava com aquilo, tocou à campainha, e eu, fui abrir a porta.

 

Eu: Olá! – cumprimentei.

Jonathan: Blair!

Kate: Eu acho que te esqueceste de tirar uma coisa.

Eu: Tirar o quê? Mas tu…espera não digas e Jonathan esquece o que viste! – esqueci-me completamente que tinha aquela porcaria na cara, e saí a correr!

 

Pov. Kate

 

Jonathan: Chóquei!

Eu: Eu não! Espera lá isso é duma novela! E quem o diz é um gay! Jonathan tu viraste?

Jonathan: Epá, mas estás-te a passar! Eu sou muito macho Kate! Não duvides disso!

Eu: Não, eu não duvido!

Jonathan: Vamos mas é entrar, não sei o que estamos aqui a fazer especados à entrada!

Eu: Esqueceste que chócaste? Quem choca, especa!

Jonathan: Não, tu hoje tens ainda mais falta de neurónios!

Eu: Vai pastar – e fui ter com a Blair.

 

Pov. Jonathan

 

Eu: Miúdas… - e de repente aparece a monga da Blair, eu disse miúdas, não amostras de seres vivos, é nem é ser humano!

Blair: A Kate?

Eu: Ainda bem que já tiraste aquela porcaria! Assim já não assustas tanto.

Blair: Essa não é uma resposta à minha pergunta, se te assusto baza! Não estás aqui a fazer nada!

Eu: Eh meu! Agora bateste forte, gaja! Desculpa, tá?!

Blair: Não estás desculpado! A Kate??!!

Eu: Epá pareces que queres comê-la! Ela foi ter contigo, lésbica!

Blair: Lésbica é aí o teu business! Olha, como vês eu estou aqui! E ela não!

Eu: Tu tem cuidado quando falas do meu menino! (a falar para ele) Ela é parva não lhe ligues! (para mim) Infelizmente, estás! Como é que vocês não se encontraram, boia?

Blair: Jonathan, tu estás a falar com a tua pila?!?!?!?!? Eu não fui à casa de banho.

Eu: Anh???

Blair: Esquece!

Eu: Blair, tu não és normal! – é que nem ser vivo ela é!

Blair: Então eu devo pertencer à tua família!

Eu: Olh…

Blair: E isto era só para ofender a ti!! – interrompi-lhe.

Kate: Blair! Onde é que te meteste? Não estavas na casa de banho!!!

Blair: Aaaaaa……eu estava na cozinha…

Eu: Tu tiraste aquilo na cozinha?!?!

Blair: (para o Jon) Cala-te! (para a Kate) Mas tu demoraste muito tempo!

Kate: Tive de fazer uns negócios.

Eu e a Blair: eeewwww, eu nojo!

Kate: É o quê? Vocês são assim tão anormais para não fazerem dejectos, por assim dizer??!!??

Eu: Eu faço, e cheira muito bem!!!

Blair: Ok, esta conversa está-se a tornar muito nojenta! Eu vou buscar a mala para bazarmos.

Eu: Despacha-te!

Kate: Tu és um abusado!

Eu: Então, soube-te bem? Mais aliviada?

Kate: JONATHAN!!!!

Eu: É esse o meu nome!

Kate: Eu vou passar a não vir com vocês, ainda me passam a anormalidade!

Blair: Fala a normal! Bora?

Kate: Temos outro remédio?

Eu: Podemo-nos baldar!

Blair: -.- ! Bora mas é!

 

Já a meio do caminho:

 

Blair: Então, Jon?! Onde está a tua presa?

Eu: Preocupada?

Blair: Muito!! – ironizei.

Kate: Vocês nem pensem em começar!!! Estávamos muito bem calados!

Eu: Ali está ela! Tchau gaja boa! E sim era para a Kate!

Blair: A sério, tu enervas-me!

Eu: Tenho mais que fazer, gaja mais que boa!

Blair: Eu vou-te esganar, caraças!

Eu: Quer dizer, eu elogio-te…

Blair: Vai te embora vai!

Eu: Morre!

Blair: Por ti? De certeza que NÃO!!!! 

Eu: Não, pelas pessoas normais, e eu estou incluído nessa lista!

Kate: Tu não tinhas de ir ter com a tua presa? – dei meia voltei e fui ter com a gaja mais que mais que boa!

 

Pov. Blair

 

Eu: Ele é tão parvo!

Kate: Que o adoras!

Eu: Kate?! Mete tino, sim?

 

Tiillililili- toca o telefone da Kate.

 

»inicio da chamada«

 

Kate: Olá amor! …

Eu: Pronto já sei quem é!   

Kate: Cala-te, Blair! (para ele) ok, mas porquê?......ok, até já.

 

»fim da chamada«

Eu: Então, é agora que me vais deixar?

Kate: Opá, não sejas assim, ele quer que eu vá ter com ele ao “Flirt”.

Eu: Deve ser para te dar um presente, como sempre – revirei os olhos.

Kate: Eu espero que seja algum de bom!

Eu: Claro que é!

Kate: Olha, eu vou andando.

Eu: Yh eu já calculava.

Kate: Blair…

Eu: Vai lá!

 


 *Esta coisa é mesmo verdade, tenho isso no meu livro, e faço às vezes, quando me lembro :D

 

 


sinto-me: -----------
música: ---------

publicado por elielife às 19:36
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (13) | favorito

Sábado, 9 de Julho de 2011
Plaquinha e outros assuntos

Durou (muito) mas cá está a plaquinha dos 50. Desculpem eu não ter andado a postar, mas também ninguém lê a fic, e a prova disso é que ninguém comenta, ou porque não lhe apetece ou ainda não viu, os comentários não me fazem diferença nenhuma, mas como ele "diz-me" que estão a ler a fic, já me importo com isso :/ Não sei se irei desistir da fic, também não tenho andado com disposição e imaginação, para alguns esta escolha pode ser tcholazz mas, seriuosly, não perdem nada. Eu sou melhor a ler do que a escrever :/. Bem vou pensar muito no assunto, mas preciso da vossa opinião, please. E desculpem, sei que não serve de nada, mas, desculpem aí qualquer coisa :$ .

 

A plaquinha vai para a Nokinhas@ que foi uma querida em marcar o comentário 50. Espero que ao menos gostem da placa, ou plaquinha, whatever!

 

 

 

See u later


sinto-me: ------
música: -------
tags:

publicado por elielife às 19:00
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (7) | favorito

Quarta-feira, 29 de Junho de 2011
Capítulo Seven - Parte II

Prof: Está tudo bem aí, Mike e Blair?

Eu: Tudo fine, stora. – fogo só tenho storas!!!

Prof: Bem, D. Sebastião era um rei muito novo…

 

Ttrrrriiiimmmmm – é nestas alturas que eu amo esta campainha!

 

Começámos todos a arrumar as coisas e a levantarmo-nos.

 

Prof: Continuamos para semana.

Alguns: Bom fim-de-semana stora.

Prof: Igualmente.

___________________________________________#__________________________________________

 

Eu: Kate vamos para a minha casa?

Kate: Ok, deixa-me só despedir do meu namorado!

Eu: -.- Vai lá!

Xxx: Hoje não vou com vocês.

Eu: Ok, Jonathan.

Jonathan: Vou com a Natalie!

Eu: Mas eu não perguntei com quem ias!

Jonathan: Ai os ciúmes!

Eu: Baza!

Jonathan: Tchauzinho! – fiz-lhe um sorriso amarelo.

Kate: Vamos?

Eu: Mike, vens?

Mike: Yap.

Kate: Então bora, tchau mor! – disse ela de longe.

Kevin: Até amanhã.

Eu: Puxa, mas já não se tinham despedido?!

Kate: A inveja é um sentimento muito feio.

Eu: Prefiro ter inveja do patinho feio!

Kate: Ahaah que piada – disse ironicamente – O Mike hoje vem connosco! Estou admirada!

Mike: Tu sabes, eu não consigo viver sem vocês.

Kate: Nem nós sem ti!

Eu: Vocês saíram-me cá uns lamechicos! – e dirigi-me para a frente.

Mike: (para a Kate) Bora lá se não esta ainda nos fura os miolos!

 

***

Mike: Tchau meninas!

Eu e a Kate: Tchau!

Kate: Ele está mudado.

Eu: Eh…ele disse-me que ia parar de fazer asneiras.

Kate: Eu até gosto do outro Mike!

Eu: Pois depois quem o safa somos nós!

Kate: Só tem essa desvantagem! – suspirei.

 

***

 

Chegámos à minha casa e fomos para o quarto. A minha mãe ainda não tinha chegado.

 

Quando já estávamos no quarto, fui buscar o papel, com as nossas notas, na mochila.

 

 Eu: Bem, bora lá continuar isto. Acho que a Zélia também não quer ir – risquei-a.

Kate: Acho que já estão todos. Vamos lá ver a lista.

 

                                          

 

 

Eu: Então ficam 16. Pera lá. – fiz a conta no meu telemóvel.

Kate: Dá quanto?

Eu: Não vais querer saber!

Kate: Diz!!!

Eu: 2000 euros! Não dá Kate!

Kate: Woooo!!! Isso é mesmo bués! Mas não vamos desistir, vamos?

Eu: Halô!!! Kate!!! Quem é que consegue juntar 2000 euros em duas semanas?

Kate: Nós!

Eu: Eu até tinha uma esperançazinha, mas agora…não tenho nenhuma!

Kate: Eu tenho 125 euros! Das minhas poupanças.

Eu: És mesmo poupadinha!

Kate: Bora lá tentar!

Eu: Não vamos conseguir nada! Olha, eles não se vão esforçar nada para isto e não vão abdicar das suas poupanças, portanto…

Kate: Não tentas tu, tento eu!

 

Truz truz – batem à porta.

 

Eu: Entre. – era a minha mãe – Olá mãe!

Mãe: Olá querida! - cumprimentou-me. – Olá Kate! – cumprimento-a. – Que estão a fazer?

Eu: Coisas sem importância, mãe.

Mãe: Está bem, vou fazer o jantar. Juízo!

Eu e a Kate: Sempre! – a minha mãe sorriu e foi-se embora.

 

Fui fechar a porta e sentei-me novamente na cama.

 

Eu: Tu és maluca! Mas se tu alinhas, não tenho remédio. Estou contigo! Se conseguirmos é um milagre, que mais parece ser de novela.

Kate: Aaaaahhhhhh, obrigada miga. Isto não acontece só nas novelas, também pode acontecer na realidade, e pode acontecer connosco!

Eu: Estás cheia de fé!

Kate: Vamos mas é arranjar maneiras para conseguir ganhar dinheiro!

Eu: Scary, mas vamos lá!

 

***

 

Kate: Tenho a certeza que vamos conseguir!

Eu: Não te entusiasmes muito, olha que ainda te decepcionas!

Kate: Pois mas eu tenho a certeza! Agora tenho de ir para casa!

Eu: Não queres jantar cá?

Kate: Já que insistes tanto!

Eu: Parva! Anda lá já deve estar quase pronto.

 

***

 

Kate: Mmmm…tava mesmo bom!

Eu: Finalmente comi o meu bacalhau com natas!

Kate: Atão porquê?

Eu: Esquece, é uma longa história!

Kate: Oh ok. Mas agora tenho mesmo de bazar.

Eu: Ok, vou pedir à minha mãe para te levar. – fui lá pedir e é claro que ela deixou, não ia deixar a moça ir sozinha.

Mãe: Vamos meninas?

Eu e a Kate: Yap – rimo-nos.

 

***

 

Kate: Boa noite, obrigada Anne.

Mãe: Tchau querida!

Eu: Bye.

 

Arrancámos.

 

Mãe: Há muito tempo que ela não vinha jantar à nossa casa.

Eu: Pois, desde que tem namorado já não quer saber de mim.

Mae: Oh coitadinha da menina! – deitei-lhe a língua de fora e ela sorriu.

 

Chegámos a casa e eu fui logo para o meu quarto.

 

Eu: Boa noite, mãe.

Mãe: Já?!

Eu: Estou cansada.

Mãe: Nem me dás um beijinho? – retornei e fui-lhe dar o beijinho. – Boa noite querida.

 

Cheguei ao meu quarto e fui-me preparar para ir dormir. Vesti o meu pijama. Hoje mudei de pijama, o outro já tinha muito uso. E deitei-me.

 

Eu: Espero que isto resulte. - Pensamentos: não vai resultar. - Até amanhã mundo.


sinto-me: eh...
música: Live Your Life - T.I. ft Rihanna

publicado por elielife às 12:25
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (5) | favorito

Terça-feira, 28 de Junho de 2011
Capítulo Seven - Parte I

Desculpem o atraso, é que eu estive no meu pai e no meu pai não há net, sorry fofies.

 

Tarde mas veio. O Capítulo Seven, é primeira parte, porque não vos quero assustar com o tamanho do capítulo (até parece que os outros não são demasiado grandes!)

 

Mas posso-vos pedir um favorzinho? Fogo, é que os comentários são poucos e eu acho que a fic não está boa o suficiente, se ninguém comenta :( . Fazem-me esse favorzinho, fazem? {#emotions_dlg.cry}

 


 

Entrámos e sentámo-nos, eh…é sempre a mesma coisa.

 

Na aula quase ninguém falou depois daquela grande confusão! Também não me apetecia falar, por isso não me importei.

 

Depois da aula fiquei a pensar naquilo que a Kate propôs, aquele cão do Jonathan não nos deixou acabar a conversa, que puto chato, rrrrrr odeio-o com todos os ossos que tenho!!! Continuando…até não era má ideia, irmos todos para um campo de férias! Pois mas claro que há sempre um não: não há money.

 

Xxx: Blair! Porque não esperaste por mim?

Eu: Halô! Estamos numa escola, provavelmente me encontrarias! E tu estavas à conversa com o Kevin não queria atrapalhar! Quer dizer, a conversar não estavam!

Xxx: Tu sabes que não atrapalhas!

Eu: Pois, Kate, conta outra! Vai lá ter com ele, não me importo de ficar aqui sozinha.

Kate: Pois mas hoje eu quero ficar contigo, à tanto tempo que não temos os nossos moments!

Eu: (baixinho) ele é deve ter ido para algum sitio e não te quis levar!

Kate: Eu ouvi essa, Blair. Não, ele está cá, ele nem podia sair da escola! E sabes como é que ele é, tem de cumprir as regras. Eu disse-lhe que hoje ia ficar contigo.

Eu: Ok… olha vamos mudar de assunto. Fala-me lá melhor daquilo do campo de férias.

Kate: Lembraste que recusaste?!

Eu: Mudei de ideias! Diz lá besta!

Kate: Besta?! Agora é que não digo mesmo!

Eu: À não dizes?

Kate: Não! - comecei-lhe a fazer cócegas! Ela ria-se e ria-se.

Eu: Então, vais dizer ou não vais!?

Kate: Naaa…ainda não. – retornei a fazer-lhe cócegas. – Está bem, está bem! – ela hesitou.

Eu: Rapariga, conta!

Kate: Então é assim: nós podemos angariar dinheiro, temos 2 semanas acho que conseguimos na boa.

Eu: Oh Kate, mas é 125 por pessoa. Nós somos 20!

Kate: Acho que não vêem todos! Tu queres que as pirosas venham?

Eu: Eu não me importo! De quem é que íamos rir se elas não estiverem lá?

Kate: Oh elas não vão aceitar!

Eu: Vão pois!

Kate: Missão impossível, Blair! Elas odeiam-nos!

Eu: Pois, mas há uma pessoa que elas adoram!

Eu e a Kate: O Jonathan! – as pessoas que estavam a passar ficaram a olhar para nós tipo: “o que é que lhes deu?”. Nós só nos rimos com esse acto!

Kate: O Gruan, não vai querer ir!

 

O Gruan. Acho que nunca falei dele, não admira ele não vai com a cara de ninguém! Fica sentado nada sua cadeira, não fala, não faz nada. É que nem na confusão se meteu! Mas ele não solitário, ele tem amigos fora da turma. E é muito rebelde! Ah! E também há mais dois que ainda não falei. O Jason e o Philips. O Jason é namorado da Joanne, a minha amiga do coração, ele até é boa pessoa. O Philips é que é o solitário da turma, mesmo que queiramos que ele esteja connosco, ele não quer, e quanto a isso não podemos fazer nada. Mas acho que ele e a Jéssica ainda vão dar barulho! Às vezes (muitas poucas vezes) eles estão juntos, mas vai dar!

 

Eu: Pois eu também acho! Tens aí papel e caneta?

Kate: Olha! Porque não tiras das tuas coisas?

Eu: Chata, meu! – lá tive de tirar o que queria da minha mala. Comecei a escrever os alunos da minha turma e a riscar os que provavelmente não iam. – O Philips acho que também não vai. – risquei-o.

Kate: A Jéssica acho que também não.

Eu: Mas se a convencermos…

Kate: Naaa… ela não se ai sentir à vontade, se o Philips fosse…

Eu: Mas perguntamos na mesma.

Kate: Claro! E o Mike? Será que ele vinha?

Eu: Não sei.

Kate: Por falar em Mike, ele quase, quase não, ele não falou a aula inteira!

Eu: Ele é um parvo! Não falemos dele ok?

Kate: Já me calei! E o George?

Eu: Esse… desde que haja comida…

Eu e a Kate: Ele vai!

Kate: É óbvio que vai haver comida! – rimo-nos.

Eu: A…

 

Triiiiiiimmmmmm – toca a porra da campainha!

 

Kate: Terminamos depois da aula.

Eu: Fogo Kate, bora lá continuar isto agora!

Kate: Anda mas é!

Eu: Abelha!

Kate: Vespa!

Eu: As abelhas são piores!

Kate: Leão! Melhor?

Eu: Ganhei, sou um leão! Acabo com a abelha e a vespa num instante!

Kate: -.- ! Batoteira! Eu nem sei como é que eu ainda tenho cabeça!

Eu: Tu adoras-me!

Kate: Pois! Esse é o problema – sorri-lhe.

 

Encaminhámo-nos para a sala. E, infelizmente, a stora já estava lá.

 

Kate: Vês porque é que eu não quis ficar lá!

Eu: Puxa! Eu acho que esta stora vem para a sala antes do toque!

Kate: Também acho! – entrámos. – Boa tarde stora!

Eu: Olá stora. (para a Kate) Ainda bem que esta é a última aula!

Kate: Vais esperar por mim, não vais?

Eu: Eu espero sempre por ti!

Kate: Vê-se! - sorri-lhe.

 

Começaram a entrar as pessoas. E senti um calduço na nuca.

 

Eu: Então minha!

Xxx: Ups!

Eu: Vê lá se tens mais cuidado onde bates, pirosa!

Xxx: Pirosa? Eu, Victoria Salvatore, pirosa? Queres a definição de pirosa? É só veres-te ao espelho!

Eu: Eu não preciso de me ver ao espelho, princesa! Já tu, de minuto em minuto vais ao espelho para ver se as tuas borbulhas ainda estão escondidas pela base!

Quase todos: Eeeeeehhhhhh.

 

Só se ouve o livro a bater na mesa!

 

Prof: Mas o que é que vocês pensam que isto é?! Uma feira? Se querem feira, vão fazê-la noutro recinto! Na minha aula não!!! Sentem-se e abram os cadernos para escrever o sumário! Mas eu tenho de aguentar isto?!

Kevin: Desculpe lá prof!

Helen: Só podia! O santinho da turma!

Kate: Tu vê lá como é que falas do meu namorado!!!

Prof: Calem-se!!!!!

 

Desta vez calámo-nos :$ .

***

Mike: Blair, tu falas comigo?

Eu: Claro que sim! Porque deveria não falar?

Mike: Desculpa, por aquilo de manhã.

Eu: Tass bem, desde que não voltes a repeti-lo, nós somos só amigos.

Mike: Eu sei, nem sei porque iria fazer aquilo, eu estou em baixa.

Eu: Pois, tu não atinas!

Mike: Vou deixar de fazer asneiras.

Eu: Essa música já não cola. O rádio já está estragado!

Mike: Opá! Tu! Vai caçar macacos!

Eu: Parece que vais ser caçado, então!

Mike: -.-

Eu: Não é verdade?

 


 

Amanhã posto a segunda parte. Conto com a vossa ajuda no favorzinho {#emotions_dlg.angel} .


sinto-me: não muito inspirada
música: -.-

publicado por elielife às 19:38
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (4) | favorito

Terça-feira, 21 de Junho de 2011
Capítulo Six

 

Oin, não tenho nada para dizer -.-

 


 

Truz truz – batem à porta.

 

Prof: Pipa vai lá abrir, se faz favor.

 

A Pipa é a piadas da turma, tudo para ela tem de ser engraçado, ela é mesmo parva, mas divertida :)

 

Pipa: Oh stora mas quem está lá fora pode perfeitamente abrir a porta!

Xxx: Desculpe o atraso stora.

Pipa: Eish…agora que eu já me levantei!

Yyy: Oh lady piadas, cala-te!

Pipa: Oh lady atrasada, quem és tu para me mandar calar?

Yyy: Vou-te à cara, miúda!

Pipa: Ttcchhiii….terei de esperar sentada por essa chapada, Eddy.

Eddy: anh?

Pipa: Bunda grande!

 

Não teve piada nenhuma, mas todo o mundo se riu! Surpreendentemente, a Pipa punha qualquer pessoa a rir.

A stora estava a falar com o xxx, que era o Mike, por isso não deu conta da meia confusão antes da risada. Quer dizer, se fosse eu que estivesse a falar, a prof já tinha caçado, que lata!!!

 

Kate: Blair, eu preciso de te propor uma coisa

Eu: Chuta aí!

Kate: Não querem todos ir a um campo de férias, nas férias?

Eu: Tu tens cá umas ideias! Deves pensar que temos dinheiro para isso!

Kate: Opá, eu conheço um que é barateco, para as coisas que tem.

Eu: Qual? Melhor quanto é?

Kate: 125 aéreos.

Eu: Ttcchhiii…….vai sonhando miúda!

Kate: Aí meu ganda cortes!

Eu: Não é cortes, eu até alinhava, mas os meus pais não têm money!

Kate: Tentamos!

Eu: Como?

Kate: Juntamos dinheiro!

Eu: O como, ainda está como pergunta.

Kate: Opá, burra! Angariamos dinheiro!

Eu: Kate, percebe uma coisa, nó temos aulas, temos testes e temos a nossa vida!

Kate: Blair, nós somos da parte da manhã, este período é quase grande e a nossa vida é isto!

Eu: Tu estás-me a chatear!!

Kate: Aí vá lá Blair, faz isso por mim!

Eu: Paha! Até parece que fazias por mim!

Kate: Pois fazia! Então pelo Jonathan!

Eu: Ppprrrr! Isso é pior do que fazer pelo inferno!

Xxx: Eu ouvi o nome Jonathan?

Kate: Não, Jonathan!

Jonathan: Opaaa! O que é que vocês estão a falar de mim?

Kate: Nada Jonathan!

Jonathan: Nada não! Eu quero saber o que é que vocês estavam a falar de mim!

Kate: Ai a porra!!

jonathan: Mas…

Eu: CALA-TE!!!!

Prof: Então blair?

Eu: Desculpe stora! É que este Jonathan enerva-me!

Jonathan: Cala-te aí oh!*

Eu: Já falámos melhor!

Jonathan: Eu não falo com burras!

Eu: Nem eu com cães!

Jonathan: Então de certeza que não estás a falar comigo!

Eu: Estou pois!

Jonathan: Então é porque falas com cães, logo és cadela!

Eu: E tu és cão. Não, é que nem isso és! Com essa deficiência, não se sabe que ser vivo pareces!

Helen: Não lhe ligues Jonzinho.

Kate: Ai o Jonzinho!

Isabella: Cala-te oh vaca!

Kate: Repete-lá!

Victoria: Vaca!!!

 

Só vi a Kate a levantar-se e ir ter com a Victoria, dando-lhe um vitorioso (perceberam?) chapadão na fuça! A Victoria já levantada, começa a puxar-lhe os cabelos. Depois dou por mim a separá-las.

 

Eddy: Eish blair! Estragaste o mambo todo!

Eu: Cala-te! O mambo já estava estragado!

Kevin: Sim, cala-te!

 

O Kevin já tinha agarrado a Kate, claro né, e o Jonathan pegava na Victoria. Ela esperneava-se toda, parecia uma maluca!

 

Victoria: Larga-me!

Jonathan: Deixa de ser besta!!!

Eu: Jonathan, ela já é uma besta!

Jonathan: Tt…

Pipa: Não vão começar, pois não?

Jonathan: Não, só ia dizer que concordava com ela!

Eu: Claro que concordas!

Jonathan: Foi só desta vez hiena!

Eu: Hiena é o teu cu!

 

Supostamente para ter o Jonathan a segurá-la, a Helen foi-me puxar os cabelos! Cabra da m****!!! Dei-lhe um estalo!! E começámo-nos a pigarrear! O Jonathan largou a Victoria (nem sei porquê) e foi pegar na Helen. E o parvo do James em mim.

 

James: Calma miúda!

 

Por culpa do atrasado do Jonathan, a Victoria foi dar na Kate outra vez, mesmo parvalhão!

 

Eu: Larga-me James! – esperneei tanto que ele acabou por me largar. – Agora quem vai ajustar contas somos nós menino Jonathan!

Jonathan: O que é que eu fiz?

Eu: Largaste a estúpida da Victoria!

Jonathan: Eee….

Eu: E ela foi ter com a Kate!

Jonathan: James, agarra lá nesta! – não era eu, era a Helen.

Helen: Ai larga-me!

James: Nem te agarrei!

Helen: pois mas eu agi…

James: prematuramente.

Helen: Isso. Bye bye! E afastou o cabelo, tipo, popstar.

Jonathan: O que é que tu queres? Opá são as duas boazonas! Peguei uma e peguei a outra! Há problems?

Eu: Há! Quando envolve a Kate, sim, há! – ele agarrou-me demasiado bruscamente pela cintura (não soou bem -.-)

Jonathan: Se envolve a Kate, não envolve a ti, bebé. – sussurrou.

Eu: Estás redondamente enganado! – sussurrei.

Jonathan: Ai estou?

Eu: Sim, porque se tem a ver com a Kate, tem a ver comigo! – depois disto, ele apertou-me mais para si, e ficámos a olhar um para o outro, descobrindo cada traço do rosto de cada um (também não soou bem -.-). Eeee……

Pipa: Malta, a stora foi-se embora!!! – desviei-me.

Eu: O quê?

Pipa: A stora escapuliu!

Eddy: Bora bazar!

Quase todos: BORA!- já nos estávamos todos a ir para a porta, quando alguém nos barrou.

Xxx: Onde é que os meninos pensam que vão?

Jonathan: Eish…contínua!

Contínua: Tudo para os seus lugares, JÁ!

 

Retornámos tudo, e sentámo-nos nos nossos lugares e calámo-nos.

 

Eu: A prof?

Xxx: Estou aqui! E vão todos levar participação disciplinar!

Todos: Aaaííííií!!!!

Victoria: Foi a Kate que começou!

Eu: Cala-te aí oh!

Prof: Blair, tu já estás a abusar!

Eu: Epá fogo sou sempre eu que levo com as culpas todas!

Jonathan: Pois tu és o problema!

Eu: Não me faças perder a paciência, que já é pouca!

Jonathan: Fala a impaciente!

Prof: Vocês os dois, RUA!

Jonathan: Olha és tu e eu, levamos sempre cas culpas!

Helen: Stora, mas o Jon não teve culpa!

Prof: Queres ir também?

Helen: Não.

 

Bazámos.

 

Eu: Já é a segunda vez que vou para a rua esta semana! Fogo!

Jonathan: Não te preocupes, estamos no inicio!

Eu: Pois, vai mas é ter com a Jasym, ou a Melinda!

Jonathan: Pois vou!

Eu: -.-

 

Ele bazou, e eu, claro fiquei sozinha. Passado pouco tempo, ele voltou.

 

Eu: Oh migo, enganaste-te na paragem!

Jonathan: Tu não me chates!

Eu: Tchii...já tá bifado! Não as encontraste?

Jonathan: Encontrar, encontrei mas…fiquei sem nenhuma!

Eu: Paha, bem feita! – comecei-me a rir.

Jonathan: Não tem piada nenhuma!

Eu: Tem pois.

Xxx: Podem entrar meninos!

Eu e ele: Estamos a ir.

 

Editado:

 

MEN! Acreditam que eu esqueci-me de pôr a hiperligação da Pipa?

 

Aqui  têm: Pipa

 

 

 


 

 *créditos à bia

 

 

 

 


sinto-me: -.-
música: nunca tenho músicas pá

publicado por elielife às 07:54
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (7) | favorito

.Mais sobre mim
.Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Capítulo Thirteen

. Capítulo Twelve

. Capítulo Eleven

. Capítulo Ten

. Capítulo Nine

. Capítulo Eight

. Plaquinha e outros assunt...

. Capítulo Seven - Parte II

. Capítulo Seven - Parte I

. Capítulo Six

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

.tags

. todas as tags

.pesquisar